Paris, França, O que fazer, Alugar Carro, Clima, Compras, Hotel

 


Limite e quantidade de produtos para trazer de Paris e da França


Saiba qual é o limite e a quantidade de produtos que você pode trazer de Paris, com dicas e informações de como programar o que trazer na mala da viagem. A Receita Federal estipulou produtos e quantidades do que se pode trazer ou não para o Brasil. Essas regras devem ser respeitadas, porque caso o viajante seja descoberto com produtos ilegais, os itens serão apreendidos e o viajante corre o risco de ser preso pelas autoridades brasileiras, além de responder a um processo civil e penal. Em casos mais brandos, geralmente se paga uma multa. Nos embarques, além da inspeção das bagagens de mão, existem algumas restrições sobre o que se pode levar no avião. Produtos líquidos devem estar em embalagens de 100ml no máximo. A Receita Federal estipulou uma cota limite de gastos no exterior para não precisar pagar impostos, sendo a cota aérea de US$500 e a terrestre, marítima ou fluvial, de US$300. Mas se você quer fazer compras e está preocupado se terá problemas na volta, segue a lista do que não pode trazer. 

Mala de viagem

E se você está planejando viajar para lá, não deixe de conferir também as dicas imperdíveis de como economizar muito em Paris e na França. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem à França vai sair mais barata do que imaginava e você poderá gastar mais para aproveitar ainda mais sua viagem. Agora veja tudo sobre o que você trazer de Paris.

Produtos eletrônicos

As regras mudaram e agora, o viajante que quiser comprar produtos eletrônicos fora do país como máquina fotográfica, celular ou ipod não precisa mais declarar na alfândega, pois eles passam a ser considerados de uso pessoal. No entanto vale apenas para uma unidade de cada produto. Filmadoras, notebooks e videogames não entram nessa lista de eletrônicos permitidos, eles entram na cota de importação. Mas claro que você pode burlar isso com alguns produtos, como por exemplo o notebook. Basta colocar o notebook em sua mala como se fosse de seu uso diário (sem embalagem).

Notebook no controle de aeroporto

Roupas, objetos e bebidas

São considerados objetos de uso pessoal sempre que a quantidade estiver de acordo com o tempo de viagem. Por exemplo, se você voltar com 30 calças jeans e foi viajar por 15 dias, o segurança pode cobrar uma taxa sobre o que exceder a cota de US$ 500. Com as novas regras, o novo limite é de 20 unidades de produtos novos com valor unitário de US$10, desde que não haja mais de 3 iguais. Mas alguns objetos têm seu próprio limite como, por exemplo, as bebidas alcoólicas, que você pode trazer 12 litros. Para os fumantes, é permitido trazer 10 maços de cigarro. Seguindo direitinho essas normas, você terá uma viagem tranquila e evitará problemas com os agentes da alfândega.

Controle de imigração

Não esqueça o seguro viagem obrigatório para Europa

Agora que você já sabe tudo sobre o que você trazer de Paris, uma dica importantíssima que reforçamos para todos que estão planejando ir à qualquer país da Europa é que não se esqueça que fazer um Seguro Viagem Internacional é obrigatório para viajar para lá. Veja nossa matéria de Seguro Viagem para Europa com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, quais são os melhores seguros e dicas para fazer um excelente seguro por um preço incrível economizando muito.

Dica para usar o celular à vontade em Paris e na Europa

Poder usar seu celular em Paris, na França, na Europa e em qualquer outro lugar do mundo é ótimo, pois ele acaba sendo muito útil. Você pode usar os aplicativos dos pontos turísticos e das cidades, os aplicativos de cupons de desconto, se for alugar um carro você economiza uns 100 euros por não precisar alugar um GPS pois poderá usar o do celular, pode pesquisar os endereços e horários dos lugares, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e lógico ficar conectado com todo mundo através de aplicativos e postar suas fotos da viagem à França nas redes sociais. Se quiser, veja nossas dicas de como usar o celular à vontade na Europa. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro e em qualquer lugar. O metrô de Paris, o Museu do Louvre, a Torre Eiffel e todos os outros pontos turísticos possuem aplicativos incríveis para os turistas. E usando a internet do seu celular você poderá pesquisar tudo sobre o que você trazer de Paris quando estiver lá.

Não esqueça o seguro viagem obrigatório para Europa

Dicas para aproveitar melhor sua viagem à Paris

Agora que você já viu tudo sobre o que você trazer de Paris, uma dica legal e que faz a diferença na viagem à Paris é escolher bem a localização do seu hotel e se hospedar perto das atrações turísticas. A cidade é enorme e ficando bem localizado você vai aproveitar muito mais e gastar muito menos tempo e dinheiro se deslocando até os lugares. Se quiser, veja nossa matéria de onde ficar em Paris, que lá tem as dicas das melhores regiões para se hospedar e também de como conseguir um ótimo hotel por um preço excelente (e achar hotéis excelentes em promoção nessas regiões que são super disputadas). Vale a pena caprichar na reserva do hotel em Paris.

Dicas para aproveitar melhor sua viagem à Paris

Outra dica importante para economizar dinheiro e tempo é com os passeios. Para conhecer a maioria dos pontos turísticos e museus de Paris é preciso comprar os ingressos de cada lugar. A dica é comprar todos os ingressos antes pela Internet, que além de serem sempre mais baratos, você economiza um bom tempo que perderia nas filas das bilheterias e já viaja com os ingressos em mãos e as atrações garantidas. Se quiser, veja aqui na matéria de ingressos para Paris todas as dicas, os mais vendidos e onde comprar todos os ingressos pelo melhor preço.

Veja outras matérias imperdíveis de Paris:

O que fazer em Paris: Principais atrações, passeios e lugares de Paris na França.
Compras em Paris: Dicas dos melhores lugares para fazer compras.
Dicas para andar de trem na Europa: Melhores empresas, trajetos, onde comprar passagens super baratas e todas as dicas.

Postar um comentário

  1. Olá, eu não consegui sanar minhas duvidas com esta materia, eu tenho uma duvida, irei de malas quase vazias para Paris, em janeiro irei ficar la 28 dias, pretendo comprar muitas roupas lá, e muitos perfumes, obras de artes como por exemplo pinturas, por exemplo poderei trazer 20 frascos de perfumes? Estou preocupado com isto...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde! Lamentamos que não tenhamos conseguido tirar as dúvidas. Esse assunto é bem complicado mesmo e depende muito de cada caso. Mas esperemos que ao responder você consiga ter suas dúvidas resolvidas :)
      Para começar podemos partir da base do que é considerado Uso Pessoal: roupas, perfumes.. tudo o que você vá usar. Essa categoria fica fora daquele limite de U$ 500, mas tem um porém: a quantidade! A cota dos U$500 é para os Bens de Uso Não Pessoal (bebidas alcoólicas, charutos, souvenirs...)
      Mas essas duas categorias foram muito bem feitas! Porque se fosse assim a pessoa poderia pensar ''ok, vou trazer 50 camisas do meu time e digo que são para mim, uso pessoal!''. O que poderia até ser, mas é para isso que há a questão do limite! Nesse caso, a alfândega já pensa que é para comercializar, e não para uso pessoal, e pode barrar. E aí eles podem até considerar essas 50 camisetas como a cota de U$500!

      Respondendo mais diretamente à sua pergunta: se fossem 20 blusas e você vai ficar 28 dias, até daria para enganar. Mas 20 perfumes em 1 mês, acho muito arriscado. Você pode arriscar. Vai depender do raio x se pega ou não a mala cheia de coisas... Já vi muita gente trazendo comida e não ser barrada e outros trazendo UM chouriço e serem barrados... mas é bom ficar atento. Espero ter ajudado.

      Excluir
    2. agora sim compreendi, muito obrigado...

      Excluir

 
Top