Paris, França, O que fazer, Alugar Carro, Clima, Compras, Hotel

 



O que ver e visitar em Versalhes na França


Descubra tudo o que fazer em Versalhes e o que você não pode deixar de conhecer quando for visitar essa região próxima de Paris, com dicas de passeios. Apesar de famosa pelo Palácio de Versalhes, há muito mais o que conhecer pela região. Versalhes fica apenas a 45 minutos de carro de Paris, então se você quiser e estiver na capital da França, vale a pena fazer um bate-volta. Podendo passar um tempo na linda região de Versalhes, veja o que fazer por lá:

Vista desde o Palácio de Versalhes

E se você está planejando viajar para lá, não deixe de conferir também as dicas imperdíveis de como economizar muito em Paris e na França. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem à França vai sair mais barata do que imaginava e você poderá gastar mais para aproveitar ainda mais sua viagem. Agora veja tudo sobre o que fazer em Versalhes. 

Palácio de Versalhes

O Palácio de Versalhes, também conhecido como castelo de Versalhes, foi onde morou Luís XIV e sua família, até ser forçado a voltar para a capital. Ou seja, Versalhes era o centro do poder na França, o símbolo da monarquia que Luís XIV sustentou. No palácio há mais de cem cômodos que demonstram o estilo luxuoso da antiga residência real, enquanto quase outras centenas de quartos, em 10 mil m², exibem a notável coleção de pinturas e esculturas do museu da história francesa. O passeio por ele é incrível e único, indispensável para conhecer mais sobre a história da França através dos próprios olhos e ver objetos raros que pessoas do mundo todo vêm ver. Não deixe de ver, principalmente, os cômodos "apartamento do rei" e a galeria dos espelhos.

Palácio de Versalhes

Jardins de Versalhes

Luís XIV acreditava que os jardins do Palácio deveriam estar à altura do palácio e por isso contratou o arquiteto André Le Nôtre, que já tinha feito um belo trabalho no Jardim des Tuileries em Paris. Os jardins têm 90 hectares dentro de um parque de 800 hectares, que é todo desenhado e modelado com suas diversas espécies de flores e plantas, servindo de abrigo para outros edifícios maravilhosos, como o Petit Trianon, o Temple de l’Amour e o Museu L'Orangerie. Por ser muito grande, você pode alugar um carrinho para passear por ele ou tomar o trem comunitário que custa poucos euros e faz paradas nas construções do jardins citadas. Também tem lugares para comer e até uma sorveteria para os dias quentes. Um lugar incrível que não pode ficar fora da lista de o que fazer em Versalhes. 

Jardins de Versalhes

Grand Trianon em Versalhes

O belo palácio construído em mármore rosa é uma maravilha do local, consegue ao mesmo tempo ter a imponência de um grande palácio e oferecer um ambiente acolhedor. O Grand Trianon é cercado por jardins cujas inúmeras flores e bosques criam uma atmosfera de relaxamento. É um palácio que Luís XIV mandou construir para ser seu refúgio da Corte e o supervisionou sua construção pessoalmente. A rainha de Luís XIV, residiu no Grand Trianon, mas Luís deixou de ter interesse no palácio. Mais tarde, com a Revolução Francesa, o palácio foi abalado e só com Napoleão, voltou a ter importância. Atualmente ele serve como cenário para recepções oficiais da República, e embora fique na região do jardim de Versalhes, tem um pequeno preço à parte para visitas internas.

Grand Trianon em Versalhes

Catedral de Versalhes

É uma catedral romana-católica e monumento nacional da França, sobrevivendo à revolução francesa. Seu nome original é Catedral São Luis de Versalhes, abrigando o bispo de Versalhes. A belíssima igreja foi desenhada por Jacques Hardouin-Mansart de Sagonne e está classificada como patrimônio histórico mundial desde 1906. Sua parte externa é bastante característica com uma cúpula de 65 metros de altura com um formato chamativo. A parte externa é de uma linha clássica enquanto a parte interna remete ao período barroco. O interior é belo, com um altar simples mas sofisticado, além de muitas velas na decoração. A catedral de Versalhes é um lugar incrível que não pode ficar fora da lista de o que fazer em Versalhes. 

Catedral de Versalhes

Petit Trianon em Versalhes

Foi outro palácio mandado construir por Luís XV para a sua amante, a Marquesa de Pompadour. Ele fica localizado dentro do Palácio de Versalhes, em seus jardins. Com a morte de Luís XV, o palácio foi entregue ao filho, Luis XVI que o ofereceu à sua esposa Maria Antonieta. Após se mudar para lá, Maria Antonieta fez uma transformação no lugar, deixando com seu estilo, que vemos hoje preservado lá. É um ótimo lugar para visitar em Versalhes, já que a região conta ainda com um enorme salão, teatro, estátuas e diversas outras atrações, além de jardins externos.

Petit Trianon em Versalhes

Museu Lambinet em Versalhes

O Museu Lambinet é um museu em Versalhes que conta a história da cidade. Ele foi construído no reinado do rei Luís XV e serviu para a residência da família Lambinet, contando com 35 salas que recriam o ambiente da época de maneira detalhada e praticamente idêntica. Faz parte da lista de museus em Versalhes. Muito interessante para quem quer conhecer mais sobre a região e entender o que ela representou. É um museu menor mas nem por isso é menos deslumbrante, tanto que foi classificado como patrimônio histórico mundial. Vale a visita.

Museu Lambinet em Versalhes

Teatro Montansier em Versalhes

É um teatro italiano da cidade de Versalhes que fica perto do palácio da cidade. Ele é um monumento em si mesmo, lindíssimo.  O salão do teatro foi inaugurado em 1777 e contou com a presença de Maria Antonieta e Luis XVI. O nome do teatro se deve à Madame Montansier, que foi a líder de sua construção e dona dele. Hoje em dia ele continua em funcionamento, com apresentações, e foi registrado em 1991 como monumento histórico. Não perca a oportunidade de conferir esse teatro de perto assistindo uma de suas peças.

Teatro Montansier em Versalhes

Museu das carruagens em Versalhes 

Esse museu incrível era anteriormente o Grande Estábulo do rei. O edifício foi concebido pelo arquiteto de Luís XIV, Jules Hardouin-Mansart, conde de Sagonne e é mais uma das belezas arquitetônicas da cidade.O local tornou-se um museu em 1978 para acolher uma coleção de carruagens. O museu tem uma coleção possui 14 carruagens, 6 trenós antigos e centenas de selas e ornamentos para cavalos que vale a pena conferir.

Museu das carruagens em Versalhes

Ordem ideal para visitar o Château de Versalhes

Muitos que visitam esse ponto turístico acabam não o aproveitando da melhor forma pois se atrapalham na hora de escolher uma ordem para a visita. Uma das melhores maneiras de conseguir visitar tudo é planejando seu percurso. A nossa dica, que também é a sugestão do site oficial de Versalhes, é visitar o interior do Château na hora da abertura, às 9h, depois seguir para os jardins e parques, entre 10h e 12h, finalmente, visitar o Trianon e Domaine de Marie Antoinette, até por volta de 16h30. Porém esse roteiro é ideal apenas para quem deseja passar o dia todo no local e desejam visitar todos os espaços dele. Para quem não quer chegar cedo, nem tem interesse de ver todo castelo, a dica é aproveitar bastante o palácio e os jardins 

Dicas para comprar ingressos mais baratos e sem filas

Uma dica para economizar com os passeios é comprar os ingressos antes pela Internet, que além de serem sempre mais baratos, você economiza um bom tempo que perderia nas filas das bilheterias e já viaja com os ingressos em mãos. Um site legal que nós sempre utilizamos é esse Site de Ingressos da Europa que vende ingressos para os principais pontos turísticos e passeios de Paris e de todas as cidades da Europa. Eles são um dos maiores vendedores de ingressos de passeios e pontos turísticos de todas as cidades do mundo, o site está em português e o bom é que você compra todos os seus ingressos em um único lugar, ao invés de ficar comprando no site de cada atração. É muito mais prático, você tem um atendimento excelente para resolver qualquer problema ou dúvida que tiver e os preços são ótimos e muitas vezes mais barato do que no próprio site da atração. Facilitou bastante nossas viagens e ajudou a economizar tempo nas filas e dinheiro. Os passeios de Paris que mais indicamos comprar nesse site são o Museu do Picasso, o cruzeiro no Rio Sena que é lindo, a entrada do Louvre, do Arco do Triunfo e a subida na Torre Eiffel, que são os passeios mais legais e estão com um bom preço.

Não esqueça o seguro viagem obrigatório para Europa

Agora que você já sabe tudo sobre o que fazer em Versalhes, uma dica importantíssima que reforçamos para todos que estão planejando ir à qualquer país da Europa é que não se esqueça que fazer um Seguro Viagem Internacional é obrigatório para viajar para lá. Veja nossa matéria de Seguro Viagem para Europa com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, quais são os melhores seguros e dicas para fazer um excelente seguro por um preço incrível economizando muito.

Dica para usar o celular à vontade na França e na Europa

Poder usar seu celular em Paris, na França, na Europa e em qualquer outro lugar do mundo é ótimo, pois ele acaba sendo muito útil. Você pode usar os aplicativos dos pontos turísticos e das cidades, os aplicativos de cupons de desconto, se for alugar um carro você economiza uns 100 euros por não precisar alugar um GPS pois poderá usar o do celular, pode pesquisar os endereços e horários dos lugares, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e lógico ficar conectado com todo mundo através de aplicativos e postar suas fotos da viagem à França nas redes sociais. Se quiser, veja nossas dicas de como usar o celular à vontade na Europa. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro e em qualquer lugar. O metrô de Paris, o Museu do Louvre, a Torre Eiffel e todos os outros pontos turísticos possuem aplicativos incríveis para os turistas. E usando a internet do seu celular você poderá pesquisar tudo sobre o que fazer em Versalhes quando estiver lá.

Usar o celular à vontade em Paris

Dicas para aproveitar melhor sua viagem à França

Outra dica importante para economizar dinheiro e tempo é com os passeios. Para conhecer a maioria dos pontos turísticos e museus da França é preciso comprar os ingressos de cada lugar. A dica é comprar todos os ingressos antes pela Internet, que além de serem sempre mais baratos, você economiza um bom tempo que perderia nas filas das bilheterias e já viaja com os ingressos em mãos e as atrações garantidas. Se quiser, veja aqui na matéria de ingressos para a França todas as dicas, os mais vendidos e onde comprar todos os ingressos pelo melhor preço.

Onde ficar em Paris

Dicas para o aluguel de carro na França

Uma dica legal é que para conhecer bem as regiões da França é essencial alugar um carro, principalmente quando a ideia é conhecer as cidades do interior ou a famosa Costa Azul, a costa do Sul da França, com cidades lindas como Cannes, Mônaco e Nice. Elas são todas próximas e o carro facilita muito a viagem entre elas e é a forma mais fácil de se locomover por lá, sem falar que as estradas são lindas, você consegue ir ás praias paradisíacas mais afastadas e tem várias outras cidades legais para incluir no roteiro como Marselha, Lyon, Versalhes e a própria Paris. Se quiser, veja nossa matéria de como alugar um carro na França com dicas de como alugar um excelente carro por um preço incrível, usando comparadores de preços excelentes e tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

Veja outras matérias imperdíveis para quem vai viajar à França:

O que fazer em ParisPrincipais atrações, passeios e lugares de Paris na França.
Como economizar muito na FrançaDicas incríveis para economizar em tudo em Paris.
Como alugar um carro na FrançaDicas sobre o aluguel e como achar preços incríveis.

Postar um comentário

 
Top